MENU PRINCIPAL

quarta-feira, abril 15, 2009

CAPAS DE DISCOS ANTOLÓGICAS

Nada melhor do que o bom e velho vinil para ampliar as imagens das capas dos discos. Antigamente a capa do disco era parte da obra, além do áudio. Com a evolução da música digital e da possibilidade de obtençao da música pela Web, a capa do disco passou a ser item acessório e simples adorno. Separei algumas das minhas preferidas.
A primeira é do clássico disco de 1978, Aqualung, do Jethro Tull. A referência aos "Miseráveis" de Victor Hugo é obrigatória. A forma artística da proposta do disco distoa dos tons psicodélicos dos anos 70, como no rock progressivo e lisergia da época (vide Jane and Air Planes).
A segunda é do maravilhoso álbum "Murmur" do Rem. A primeira vez que vi esta capa, na revista Bizz, seção clássicos, fiquei estremecido. Nunca quis tanto escutar um disco pela capa. Eis que hoje considero uma obra prima do REM.

A terceira capa é nada mais nada menos do que produção do ilustríssimo pintor-celebridade Andy Warhol. Esta capa especialíssima foi um presente de Warhol ao Velvet Undergroud, influente banda psico-punk-cult de Oxford. Mitológica, esta capa sintetiza o luxo e o lixo do glamour do Pop nos anos 60. Um espetáculo estético de mitificação do óbvio.

Nenhum comentário: