MENU PRINCIPAL

quarta-feira, abril 27, 2011

TÓPICO GRAMATICAL 6ª EDIÇÃO - DIFERENÇA ENTRE FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO

By ELISANDRO FÉLIX DE LIMA


A partir dos anos iniciais do ensino fundamental, os livros didáticos começam a incorporar entre os conteúdos, frase, oração e período. O que o aluno sempre entendeu por frase, passa a ser desfeito, porque os livros didáticos e professores irão ensinar em alguns casos, que a frase deverá ser chamada de oração.

Afinal, qual é a diferença entre frase, oração e período? Uma dica básica e inesquecível é considerar que a frase pode ser qualquer enunciado que possua ou não verbo, mas que tenha um sentido completo. A oração é um enunciado com sentido completo que se estrutura com base em um verbo. O período é uma oração composta por um ou mais verbos.

A frase classifica-se em:

1) Declarativa – faz uma declaração. “Estou bem.”
2) Interrogativa – faz uma pergunta. “Como você está?”
3) Exclamativa – expressa um sentimento. “Que frio!”
4) Imperativa – dá uma ordem ou pedido. “Não corra! pare!”
5) Optativa – expressa um desejo. “Quero a sua aprovação no vestibular”.

A oração, às vezes, pode ser sinônimo de frase e de um período simples. Assim, os enunciados (1, 2, 4 e 5) são orações e frases, pois, estruturam com base em verbos (estou); (está); (corra, pare); (quero). Já, o enunciado (3) é, somente, frase. Isto é, não pode ser oração, porque não está estruturada com base em um ou mais verbos.

O período classifica-se em: simples e composto.

Período Simples – apenas uma oração. “Eu voltei às nove horas” (Um verbo, uma oração)

Período Composto – tem duas ou mais orações. “Não viajarei amanhã, viajarei na próxima semana e voltarei no próximo mês”. (Três verbos, três orações).

Nota de reforço:

Uma oração pode ser chamada de frase. A oração sempre vai ser estruturada em um verbo. Uma frase, quando não estiver estruturada com base em um verbo não poderá ser chamada de oração. Na frase é facultativo o uso do verbo.

Descomplicando:

Observamos a oração: "Eu vou fazer doces". A oração está estruturada em dois verbos (vou e fazer), porém, não é um período composto, já que os verbos formam uma locução verbal, portanto, uma mesma ideia. Então, não vamos pensar que a quantidade de verbos irá determinar se o período será simples ou composto.

Elisandro Félix de Lima é graduado em Letras pela UNESC - Faculdades Integradas de Cacoal, Pós-graduando em Gramática Normativa da Língua Portuguesa, prof. Tutor em cursos a distância da UNISA.

4 comentários:

helio.rocca disse...

Rômulo, tenha a perene certeza, muito aprendo em seu blogger. Parabéns e obrigado!
Abraço fraterno, seu amigo.
Helio Rocca.

Anônimo disse...

legal esse site é muito legal fis meu trabalho escolar com ele

Jardel Nilton Siqueira disse...

Fiquei ainda mais confuso, pois achei as seguintes informações contraditórias:
1º - "O período é uma oração composta por um ou mais verbos."
2º - “Período Composto – tem duas ou mais orações. “Não viajarei amanhã,viajarei na próxima semana e voltarei no próximo mês”. (Três verbos, três orações).”

A primeira afirmação dá a entender que período é uma modalidade de oração.
Em seguida a informação é de que o período contém a oração.
Afinal o que é o que?

Anônimo disse...

Nossa..."fis" com "s" doi demais.