MENU PRINCIPAL

sexta-feira, julho 28, 2017

VIAGEM PERU E BOLÍVIA (JULHO/2017) - CUSCO, PUNO, COPACABANA E AREQUIPA - 7.180km - MELHORES FOTOS (Vídeos e Relato no Mochileiros)

7.180KM  de Carro pelo Peru e Bolívia. Passando por lindas paisagens e encontrando todo o tipo de gente bacana, comidas, roupas, linguagens e experiências que ficaram eternizadas. Em cada parada na beira da estrada um mirante para observar as belezas, tanto das paisagens naturais, quanto das pegadas de povos que habitaram estes lados e deixaram muitos mistérios para resolvermos. Podemos viajar de avião e chegar descansados em pontos específicos; mas podemos cansar dirigindo entre um ponto e outro e não deixar nenhuma fagulha de cultura de fora; prefiro a segunda opção; quero aproveitar cada milésimo de vida na estrada e cada cena, aroma e comida que vier. 


Abaixo, vinte e uma fotos que se constituem epílogo desta grande viagem.


Família viajando, uns com os outros, suplantando a subida da cordilheira, iniciando o frio que não quebranta o calor do carinho mútuo. (Foto: Serra de Santa Ana, Peru, 09 de Julho/2017)


Companheirismo aos olhos do majestoso pico ABRA PIRHUAYANI. (Foto: Pico Abra Pirhuayani, 4728 metros altitude, Peru, 09/Julho) 

Cusco visto de cima; Plaza de Las Armas cercada pela urbanidade. (Foto: Cerro Cristo Blanco, Peru, 11/julho)
Saqsaywaman visto de lado. Visão free de seu dorso lateral. (Foto: Saqsaywaman, Peru, 11/Julho)

Vale Sagrado; sagrando o alimento, a água, a beleza e a religião andina. (Foto: Pisac, Sacred Valley, Peru, 11/Julho)

Sítio Arqueológico perdido no vale do Rio Urubamba. (Foto: Cidade de Urubamba, Peru, 11/Julho)

Entre Puno e Yunguyo; Route 66; (Foto: Rueta entre Ilave e Pomata, Peru, 12/Julho)

Devorando a porta Hayu Marka depois de tanto desenhá-la na mente e ver Inca Roca sendo abduzido por ela. (Foto: Juli, Peru 12/Julho) 
Os fios de ouro das pastagens no vale do Lago Titicaca pararão nos tempos imemoriais da fotografia. (Foto: Vale de Juli, Peru, 12/Julho)  

Lago Titicaca e onde começam seus sonhos. Ainda do lado Peruano podemos antever as colinas Bolivianas. (Foto: Pomata, Peru, 12/Julho)
A sinagoga catedral católica de Santa Copacabana, Bolívia, que ao contrário do que pensariam os brasileiros, deu o nome à nossa praia e forte. (Foto: Copabana, Bolívia, 13/Julho)
El Mirador Loco Loco; ao final, La Paz encravada naquele dorso branco, esculpido à força na planície boliviana. (Foto: Rueta 2B, Bolívia, 14/Julho)
Base da Pirâmide Akapana;  A pequena parte que sobrou, circundando a montanha artificial; métodos Tiwanakus de criação e construção de Pirâmides; (Foto: Tiwanaku, Bolívia, 13/Julho)

 Templo de adoração subterrâneo, local majestoso de representação das alegorias místicas das comunidades Tiwanaku. (Foto: Tiwanaku, Bolívia, 13/Julho)

Templo de Kalasasaya; totens energéticos; paredes de pedras adornadas por cabeças incas, indígenas, afro e brancas etnias; inclusive cabeças de animais. (Foto: Templo de Kalasasaya, Tiwanaku, Bolívia, 13/Julho)



Blocos H, em Puma Punku. Células de construção que pesam toneladas. Exemplos da engenhosa arquitetura Tiwanaku. (Foto: Puma Punku, Sítio Arqueológico de Tiwanaku, Bolívia, 13/Julho).


Lagunillas. Esplendores. Mirante a 4500 metros. (Foto: Lagunillas, Ruta Arequipa, Peru, 14/Julho)



Lagunas. Linhas e azuis. Uma existência vive. (Foto: Lagunillas, Ruta Arequipa, Peru, 14/Julho)




Vulcões, asfalto e linhas horizontais; grandes perspectivas invadem os grandes planos; (Foto: Ruta 3b, Arequipa, Peru, 14/Julho)

Visão Urbana de El Miste; grandioso vulcão adormecido em seus vários séculos de atividade; seu comportamento ainda é suspensão; (Foto: Arequipa, sobre a Catedral de Arequipa, Peru, 15/Julho)

Acompanhe o relato no site Mochileiros. Clique no link abaixo. 
RELATO, DIA A DIA, COM DETALHES E VALORES



Nenhum comentário: